Julgamento é afirmação de Lula como ‘maior liderança histórica do Brasil’, diz Emiliano José

Membro do diretório estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) e professor aposentado da Universidade Federal da Bahia, Emiliano José declarou nesta terça-feira (23) que o PT não tem plano B em caso do ex-presidente Lula ficar inelegível. “Todas as indicações, inclusive jurídicas, apontam para possibilidade de Lula ser candidato mesmo se condenado. Evidentemente o PT tem nomes extraordinários que poderiam ser apontados como possibilidade, mas nós não o faremos, nosso candidato é Luiz Inácio Lula da Silva”, declarou. Para ele, o julgamento é um “processo inegável de afirmação da maior liderança histórica do Brasil, de uma liderança que está no coração do povo brasileiro e não há jeito de tira-lo do coração do povo brasileiro”. Isso porque, José acredita que a oposição está tentando retirar o ex-presidente da luta política e da disputa eleitoral. “Se um processo de martirização acontece é responsabilidade do sistema de justiça, da sentença que Moro deu em relação ao ex-presidente sem nenhuma prova. Ele julgou um tríplex que nunca foi do Lula, mas não há jeito de tirá-lo do coração do povo brasileiro”, explicou o professor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.